Pesquisar

Data de entrada

Data de saída


Filtrar por Bairro


União dos Palmares - O povoamento de União dos Palmares começou em final do século XVI, com a chegada de negros fugindo dos engenhos de açúcar. Nessa época, os negros chegaram à Serra da Barriga e lá instalaram a sede do conhecido "Quilombo dos Palmares". Esse quilombo é famoso e conhecido como o último núcleo de resistência escrava das Américas; surgiu na década de 1580 e teve fim em 1695, com a morte do seu principal lider, Zumbi. Nomeada oficialmente como "União dos Palmares" em 1944, esta cidade do estado de Alagoas, conta com cerca de 30 mil habitantes. É também uma cidade pólo dessa região da zona da mata alagoana, banhada pelo Rio Mundaú.

A principal fonte de renda desse município vem do setor secundário, mais especificamente da indústria de cana-de-açúcar; mas hoje também diversificando sua atuação, com presença marcante no setor sucro-alcooleiro.

A Serra da Barriga, onde se localizava o Quilombo dos Palmares é, hoje, um Patrimônio Histórico Nacional Brasileiro. A cidade conta com dois conhecidos museus, a Casa Jorge de Lima (dedicada à memória do poeta considerado o príncipe dos poetas alagoanos) e a Casa de Maria Mariá. Há ainda remanescentes de quilombos, as comunidades quilombola, onde se pode encontrar artesanato variado produzido pela comunidade.

A cidade também conta com atrações naturais, começando pelas inúmeras cachoeiras com águas frias e cristalinas, vindas de nascentes no alto das serras. Sua fauna e flora é bastante diversificada, com trilhas em plena Mata Atlântica, atraindo turistas de cidades vizinhas, e até mesmo estrangeiros.

Os principais eventos festivos são: a Festa da Padroeira, Santa Maria Madalena (Janeiro), a Festa do Milho (coincidindo com as populares festas juninas) e a Festa da Consciência Negra (dia da morte de Zumbi dos Palmares).



Mostrando 2 resultados