Pesquisar

Data de entrada

Data de saída


Filtrar por Bairro


Palmeira dos Índios - Palmeira dos Índios teve como seus primeiros habitantes os índios Cariris e Xucurus, em meados do século XVII. Eles viviam em meio a um abundante palmeiral que constituía a vegetação local, daí o nome do município ser Palmeira dos Índios. Uma curiosidade sobre a cidade, é que entre os anos de 1928 e 1930 o prefeito foi Graciliano Ramos, um dos grandes escritores do Brasil no século XX. Os relatórios da prefeitura que ele escrevia nesse período chamaram a atenção de um editor, que o encorajou a publicar o seu primeiro livro, Caetés. Graças a essa presença do escritor, uma das maiores atrações do município é a casa onde ele residiu. Lá ele escreveu o romance Caetés e seus famosos relatórios. Atualmente funciona como museu e biblioteca com livros, documentos, obras e objetos do autor. É tombada pelo Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional.

O Cristo do Goiti, está situado na Serra do mesmo nome e o acesso até ele pode ser feito por carro ou por teleférico. O teleférico é o segundo maior do país em extensão, com 980 metros, ficando atrás apenas do bondinho do Pão de Açúcar.

Outras atrações turísticas da cidade são o Museu Xucurus que tem um acervo com peças religiosas, indígenas, da época da escravidão; a Matriz de Nossa Senhora do Amparo, construída em 1770; e a Igreja do Rosário construída pelos escravos.



Mostrando 3 resultados