Pesquisar

Data de entrada

Data de saída


Filtrar por Bairro


Canguaretama - Fundada em 1743 pelo jesuíta André do Sacramento, como aldeia Gramació, que foi elevada a Vila Flor em obediência à Carta Régia de 3 de maio de 1755, que transformava em vilas os antigos aldeamentos indígenas. Ela foi transferida para o povoado de Juruá, em decorrência da expulsão dos jesuítas, passando a denominar-se Vila de Canguaretama. Seu nome decorre da profusão de árvores no lugar, significando por isso vale das matas. Foi dado o nome de Penha pelo missionário capuchinho frei Serafim de Catania à circunscrição religiosa a que pertencia a população. A economia tinha como seus principais produtos o Pau Brasil, produção de cana de açúcar, pesca e a instalação da estação da estrada de ferro em 31 de oputubro de 1882. Possui clima litorâneo com 10 metros de altitude, extensão de 245.529 km² e população acima de 30 mil habitantes. Os naturais são chamados de canguaretamense. Uma ocorrência trágica ocorreu naquele lugarejo em 16 de julho de 1645, ocorrido no Engenho Cunhaú, tendo o delegado do Conde Maurício de Nassau, Jacob Rabi, chegado a Cunhaú acompanhado pelos índios Janduís e os incitados a invadirem a capela e matarem o padre e todos os devotos. Somente 3 pessoas conseguiram escapara para passar a história adiante.



Mostrando 2 resultados