hotel.com.br - O Guia de Hotéis da Internet Brasileira !

Filtrar por Bairro

Hotéis Pesquisados

SETE LAGOAS - Em 1667, chegaram ao município os primeiros europeus. Como a região era uma passagem para os currais da Bahia, foi erguido um quartel general com o comando de Joaquim José da Silva Xavier. O intuito do comando era de evitar o extravio de ouro e diamantes e cobrando o direito de entrada.

Com a construção da capelas de Santo Antônio das Sete Lagoas, o povoamento começou a surgir. Em 1841, é elevada a paróquia e seis anos mais tarde, a distrito. Em 1867, o distrito passou a ser considerado vila e conquistou a sua emancipação de Santa Luzia. Treze anos depois Sete Lagoas se torna cidade.

Em sua economia, o município conta com diversas empresas e as suas indústrias estão concentradas na extração de peixes de lagoas, calcário, mármore, ardósia, argila e areia. Porém a produção de ferro-gusa destaca-se. A cidade possui um total de 23 empresas siderúrgicas.

Sete Lagoas tem investido muito no turismo por descobrir que possui um forte potencial para este setor. A gruta do Rei-do-Mato e as lagoas espalhadas pela cidade são os pontos turísticos mais procurados pelos visitantes que chegamao local.

A gruta do Rei-do-Mato tem 235 metros de extensão e possui três salões com pinturas rupestres que datam de até seis mil anos, com figuras monocrômicas. Nenhuma gruta brasileira tem no seu interior formações como estas. Na Grutinha, além de pinturas feitas com sangue e gordura vegetal, foram encontradas soterradas em perfeito estado, ferramentas indígenas. O nome da gruta, deve-se ao fato dela ter sido habitada por um homem solitário, robusto, louro e possivelmente fugitivo da Revolução de 30, que foi chamado de "Rei-do-Mato".

A Lagoa Paulino, que está situada no centro da cidade, encanta, embeleza-a e se torna um belo cartão postal. As outras seis lagoas também disponibilizam muita beleza, são elas: Boa Vista, José Félix, Cercadinho, Matadouro, Catarina e Chácara. Sete Lagoas é conhecida como a "Terra das Lagoas Encantadas".

Mas a cidade não oferece apenas maravilhas naturais não. Oferece também aos seus visitantes muita história. O Museu Histórico Nacional, reune um grande acervo de informações sobre a cidade. A sua construção ocorreu em 1841, quando Sete Lagoas era apenas um arraial.

Na Igrejinha da Serra, construída em 1852, no primeiro domingo de maio é comemorada a festa de Santa Helena e nesta ocasião além da cidade receber muitos devotos, recebe também muitos turistas. Sete Lagoas é uma cidade com muitas belezas naturais, muita tranqüilidade e é por estes motivos que muitos visitantes não abrem mão deste roteiro, que mistura natureza com cultura em uma terra muito próspera com a típica hospitalidade das cidades mineiras.