hotel.com.br - O Guia de Hotéis da Internet Brasileira !

Filtrar por Bairro

Hotéis Pesquisados

PONTA GROSSA - Ponta Grossa foi criada em 1823. Em 1855, passou a ser considerada como município e em 1862 foi elevada a cidade. Com a sua localização, Ponta Grossa tornou-se caminho obrigatório e parada, para as tropas que por ali passavam. Ainda hoje é o principal rodo-tronco-rodoviário do Estado, contando assim, com estradas para todas as regiões.

O crescimento econômico de Ponta Grossa levou-a à condição de pólo regional no Paraná, exercendo sua abrangência nas suas quatro primeiras décadas do século XX. Existem duas versões para a origem do seu nome, a primeira por Manoel Cyrillo, seria que o grande proprietário de terra, determinou ao seu capataz “que escolhesse um ponto bem apropriado para nova moradia de sua fazenda”, e assim, escolhida uma área próxima aos campos da região, onde hoje está localizada a Igreja de São Sebastião, o capataz disse assim: “ Sinhô bem sabe porque é encostada naquele capão que tem Ponta Grossa”.

A segunda versão, de Nestor Victor, escreve que a cidade foi edificada em terrenos de uma fazenda que tinha este nome (Ponta Grossa), fazenda que pertencia a Miguel da Rocha Ferreira Carvalhaes, que generosamente doou as terras necessárias para fundação da cidade.

Na década de 90 quando começaram a se instalar grandes empresas, a economia teve um aquecimento, implusionando uma boa infra-estrutura. A cidade recebeu o título de “Capital Mundial da Soja”. Ponta Grossa é a quarta principal cidade exportadora paranaense.

Sua população é composta por diversas etnias, principalmente a partir do século XX que se estabeleceram eslavos, árabes, italianos, japoneses, holandeses e alemães, sendo os eslavos e alemães os que mais influenciaram nos hábitos e na cultura da população.

A cidade possui tantas belezas naturais que ficou também conhecida como “Princesa dos Campos”. Uma das suas atrações turísticas é o Parque Estadual de Vila Velha, que se localiza no verde dos Campos Gerais, a 969 metros de altura. O Parque, possui rochas esculpidas pela natureza ao longo de 350 milhões de anos.

O município apresenta também paisagens naturais muito apreciadas e uma grande reserva ecológica que inclui locais como os caldeirões do inferno, que são depressões com aproximadamente 107 metros de profundidade. Em uma destas cavidades, um teleférico vertical leva os visitantes para esta incrível aventura onde se pode caminhar até um lago subterrâneo, chamado lagoa Dourada que também é um dos pontos mais procurados em Ponta Grossa. O seu fundo está coberto por uma camada de mica que faz a água brilhar como ouro. As localidades históricas como a Mansão da Vila Hilda, a Estação Paraná, a Estação Arte, o Museu Campos Gerais, entre outras, remetem os seus visitantes a um volta ao passado.

A cidade além de possuir um setor hoteleiro forte, apresenta muitas opções para os seus turistas. É por estes motivos que Ponta Grossa atrai muitos visitantes o ano inteiro. Ponta Grossa é município do estado do Paraná, com uma área total de 2.112,6 Km² e uma população de aproximadamente de 290.000 habitantes. O clima da cidade é sub-tropical úmido mesotérmico, com invernos amenos e verões quentes.

Os atrativos naturais do município são: - Parque Estadual de Vila Velha, com suas rochas esculpidas artisticamente pela natureza, recebem diferentes denominações de acordo com as figuras às quais se assemelham. Entre as diversas existentes, as mais conhecidas são: a Garrafa, o Camelo, o Índio, a Esfinge, a Taça e a Proa de Navio, anfiteatro subterrâneo com uma queda d'água de 30 metros de altura, também debaixo da terra. - Canyon do Rio São Jorge, com águas cristalinas que deslizam entre rochas descobertas, formando cachoeiras; - Represa dos Alagados, ponto de lazer da cidade; - Cachoeira da Mariquinha, uma queda d'água de aproximadamente 30 metros de altura; - Recanto Botuquara, com várias piscinas naturais, toboágua, lago para pesca e pedalinhos, trilhas na mata nativa, e outras atrações.

Ponta Grossa possui alguns pontos turísticos históricos que contam a história da cidade, como: - Mosteiro da Ressurreição; - Museu Campos Gerais, um prédio da década de 20 que ainda possui suas características arquitetônicas, com vários tipos de exposição; - Museu Época, que tem um acervo com peças que mostram a história de várias regiões do Brasil; - Capela Santa Bárbara, construída em 1727 e está bem conservada; - Mansão Villa Hilda, Patrimônio Histórico da cidade. A casa tem 600 m² com um estilo arquitetônico eclético, apresenta dois pavimentos que abrigavam a família e os serviçais da casa. O interior da mansão apresenta pinturas perfeitas que retratam, contrastes e cores, paisagens e motivos europeus além de algumas paisagens locais.

Uma festa típica da região é a MunchenFest, com shows e atividades culturais, concursos de rainha e chope em metro, parque de diversões, comida típica, regado à cerveja preta. Em janeiro ou fevereiro, ocorre a Fesuva, Feira da Uva, Mel e Fiambres, que ocorre na safra. Atrai durante três dias, mais de 40.000 pessoas.


Hotéis em Ponta Grossa - PR